9 dicas que todo psicólogo clínico deveria seguir ( Proteção de dados )

Hoje em dia é muito comum entretermos filhos/crianças com nossos aparelhos eletrônicos. Não sabemos ou ignoramos o quão vulneráveis ficamos quando agimos dessa forma, pois nossos dados, acessos, contas, aplicativos ficam expostos a qualquer tipo de ataque cibernético, por isso fique atento com as 9 dicas que todo psicólogo clínico deveria seguir.

São com esses aparelhos que trabalhamos todos os dias e que necessitam de um ambiente seguro e íntegro. Quando os aparelhos são entregues as nossas doces crianças logo vem aquela perguntinha “-Mamãe/Papai, liga a internet para mim? -Posso baixar joguinho?” ou afirmação “-Mamãe/Papai, baixei um tanto de joguinho legal.” ou as vezes nem somos alertados/avisados!

Daí eu te pergunto: “-Você verifica quais jogos foram baixados? -Quais sites foram acessados? -Se mexeram em algum aplicativo? -Se possui um antivírus no seu aparelho? -Utiliza com frequência esse aparelho para trabalhar?”

Se a resposta para uma dessas perguntas for Não, é melhor se prevenir e conferir algumas dicas que você psicólogo clínico deveria seguir:

1- Procure sempre ter um bom antivírus instalado e atualizado em seus aparelhos. Faça rotinas de verificação periodicamente.

2- Nunca divulgue suas senhas ou que sejam fáceis de descobrir, como por exemplo: placa de carro, data de aniversário, sobrenome, apelido, etc. De preferência use senhas mais complicadas e diferentes para cada aplicação que usar.

3- Não abra e-mails desconhecidos/duvidosos ou que agucem sua curiosidade. Com certeza são falsos e maliciosos. Nem pense em baixar arquivos/anexos desses e-mails!

4- Tenha como hábito realizar o logoff/logout (sair) de todo e qualquer sistema.

5- Não compartilhe informações sigilosas ou comprometedoras.

6- Tome cuidado ao enviar seus aparelhos para manutenção e ter surpresas desagradáveis com funcionários/empresas antiprofissionais.

7- Não acesse sites de conteúdos duvidosos.

8- Utilize uma ferramenta online de gestão de dados que garanta itens básicos de segurança, como: protocolo seguro e dados criptografados.

9- Nunca utilize rede pública para acessar seus dados sigilosos. Busque redes wi-fi seguras, por exemplo: da sua casa, consultório, 3G/4G.

Todos essas informações são de suma importância não é mesmo? Aproveite e veja uma de nossas recentes postagens sobre segurança e fique ainda mais por dentro desse assunto!

1 thought on “9 dicas que todo psicólogo clínico deveria seguir ( Proteção de dados )

Leave a Comment